segunda-feira, 17 de junho de 2013



Do que adianta protestar se você votou nulo/branco?


                                                                                              Crédito/Imagem: G1



Não foi a goleada da Nigéria que derrubou o Taiti, nem as suspeitas de Paloma sobre Paulinha ser sua filha na novela “Amor à Vida”, muito menos a invasão do perfil do twitter da Revista Veja. O país hoje entrou em transe levantou de sua mesmice e revolucionou com o maior protesto desde a manifestação organizada por estudantes na década de 90 chamada de “Caras Pintadas” que teve como objetivo principal o impeachment do Presidente Fernando Collor. 

A segunda metrópole do Brasil, Rio de Janeiro reuniu 100 mil pessoas, não apenas pelo reajuste das tarifas do transporte público, mas ganharam novas reivindicações principalmente em relação aos gastos com as obras da Copa do Mundo.  A movimentação ganhou proporções gigantescas em pelo menos 20 cidades. As redes sociais não falavam de outra coisa. Alguns internautas postaram o quanto era ridículo alguém protestar, se nas últimas eleições tinha votado branco ou nulo. “Do que ele tem que reclamar se não votou”.   O problema é que esqueciam que um protesto é uma realidade refletida dos votos das pessoas que se deixaram enganar por políticos corruptos. 

Em época de eleições  a visibilidade dos candidatos fica determinada apenas pelos guias eleitorais e debates da qual o povo pode ter um acesso significativo. Mas, explorando cada canto dos seus históricos descobrimos o “montinho” de sujeira debaixo do tapete. A surpresa passa a ser de uma normalidade sem dimensão e as pessoas ficam conformadas de terem que optar pelo que “roubou menos” e o que tem apoio direto de alguém com diferencial e considerado do povo virando marionete do partido.

O voto nulo significa uma aversão às propostas apresentadas.  Quem votou tem o direito de cobrar, quem anulou ou votou em branco também possui essa liberdade por não ter apoiado a farsa. Na Constituição, qualquer que seja a decisão de exercer a cidadania em uma urna automaticamente possui o passaporte de voz ativa nas ruas abrindo os olhos e mostrando do que adiantou se iludir com aqueles que em época de eleições, usavam máscaras para ter seu voto jogado na lata do lixo.    
Nossa liberdade de expressão não é medida, mas exercida! 

18 comentários:

  1. ALISSON PÁBLO17 junho, 2013 22:54

    Adorei, na verdade eu penso igual ! *-*

    ResponderExcluir
  2. Quem vota em branco não pede mudança. e sim acomodamento.
    Gostei do texto!

    ResponderExcluir
  3. Obrigada pela força galera!
    Isso aí, nada poderá conter nossa voz ativa, pelas cidades, ruas e país!

    ResponderExcluir
  4. Está certa!!! Todo mundo tem o direito de protestar e de reivindicar que o governo dê o retorno, já que o único setor que funciona no país é o de arrecadar impostos.

    @BrotherManolo

    ResponderExcluir
  5. Gerson Rodrigues17 junho, 2013 23:07

    "O voto nulo significa uma aversão às propostas apresentadas. Quem votou tem o direito de cobrar, quem anulou ou votou em branco também possui essa liberdade por não ter apoiado a farsa"
    Isso resume tudo... Não significa que só pq meu voto foi nulo, não possa depois reclamar... Se tá na constituição esse direito pq não exercer?
    Parabéns pelo texto, resume muita coisa :D

    ResponderExcluir
  6. Faço minha as suas palavras, concordo em gênero, número e grau. É uma pena que o brasileiro só tenha acordado para o problema do país por causa desses "20 centavos" que já vimos que no fim somos nós quem perdemos mais, e por isso espero que depois de resolvido o povo não volte esquecer os outros problemas que existem e aqueles que surgiram. Sem falar que é fácil se achar especialista em política. reclamando e colocando a culpa num presidente, todavia o que o povo esquece é que nossa república democrática é parlamentar, e nossa constituição é ultrapassada e por isso o presidente não é o único culpado. É preciso rever os conceitos sobre em quem votar, e revolucionar de verdade nas urnas nas próximas eleições o/ Parabéns pelo Texto!

    ResponderExcluir
  7. Verdade Tonyue!
    As pessoas só tomam alguma atitude em cima da hora!

    ResponderExcluir
  8. Vamos protestaaaar, Vamo Brasil, Geração Coca-cola acordoou :D

    ResponderExcluir
  9. Renan sempre revolucionário!
    É de família! hahahaha

    ResponderExcluir
  10. Alexandre Cabral18 junho, 2013 12:54

    Acredito que a verdadeira revolução não acontece apenas nas manifestações, acontecem também nas eleições. A cada 4 anos devemos fazer com que os corruptos e políticos irresponsáveis temam perante a sociedade! Quem vota nulo apenas "transfere" a responsabilidade para escolher os representantes do país para aqueles que votam.

    Adorei o texto e o blog. Parabéns!

    ResponderExcluir
  11. Jogaram mentos na geração coca-cola.
    Parabéns pelo texto, blog e pelo sucesso do mesmo :D

    ResponderExcluir
  12. Fácil.. as urnas nao sao confiáveis, são falsificadas

    ResponderExcluir
  13. Muito bom texto, pensamento igual

    ResponderExcluir
  14. Parabéns pelo texto, muito bom.

    ResponderExcluir
  15. Apesar de ainda não poder votar, achei seu texto excelente e completo, parabens

    ResponderExcluir

Compartilhe sua Opinião!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...